Sobre Barreiro

bairro do Barreiro

O Barreiro é a segunda região mais movimentada de Belo Horizonte, após o centro comercial da capital. Completou em 2010 seus 155 anos de idade, sendo mais antiga do que a própria cidade. São mais de nove mil empresas de comércio e prestação de serviços, bem como profissionais autônomos, indústrias de pequeno médio e grande porte, shopping e variadas instituições que dão um perfil de cidade à região, que dista 15 km do centro de Belo Horizonte, mas pertence a esse município.

Uma estatística feita pela Prefeitura de Belo Horizonte, em 2006, constatou um total de 9.747 atividades, comercial, industrial e de serviços. Foram catalogadas 4.190 comércios varejistas, 404 comércios atacadistas, 3.901 empresas de prestação de serviços, 355 indústrias, 324 locais de serviços de uso coletivo e 573 profissionais autônomos.

Está ligado ao centro da cidade por diversas vias e bairros. As estações BHBUS Barreiro e Diamante polarizam o transporte coletivo da região.

A arrecadação do Bairro do Barreiro gera em cerca de 40% do Valor Adicional Fiscal (VAF) de Belo Horizonte, mostrando a importância dessa região a capital.

Com cerca de 300 mil habitantes, 90 mil domicílios, 54 bairros, caso fosse emancipado estaria entre as 8 maiores cidades de Minas Gerais.

História

A história oficial da região data de 1855, quando surgiu a "Fazenda Barreiro". O seu primeiro proprietário foi o Coronel Damazo da Costa Pacheco, que após cultivá-la por muitos anos, resolveu variar de atividade, vendendo-a para o Major Cândido José dos Santos Brochado.

O Major Cândido fez se notório por contrariar todas as leis abolicionistas, como a Lei do Ventre Livre e a Lei do Sexagenário. Foi assassinado por um escravo fugido. Por essas atitudes a família colecionava inimizades. Com a morte do Coronel a família vendeu o local para o sr. Manoel Pereira de Melo Vianna e saíu da região.

O engenheiro Aarão Reis, ao chegar com sua equipe para construção de Belo Horizonte, se interessou pela qualidade da água daquela região, tencionando utilizá-la no abastecimento da capital. Na época era ocupada por imigrantes estrangeiros que moravam na colônia agrícola Vargem Grande. Essa colônia foi uma tentativa de repovoamento de Belo Horizonte.

A influência dos imigrantes ainda é bem marcante nas famílias tradicionais da região (muitos bairros levam sobrenome dos patriarcados como Teixeira Dias, Pongelupe, Cardoso).

Deixando a pátria distante, muitas famílias, fixaram-se na região do Barreiro, em busca de estabilidade, segurança e um futuro melhor.

Infra-estrutura atual

A região é muito bem organizada e estruturada. O comércio e a prestação de serviços estão mais concentrados no Barreiro de Baixo, nas Avenidas Visconde de Ibituruna e Avenida Sinfrônio Brochado, bem como na Avenida Afonso Vaz de Melo. O Barreiro dispõe de 13 agências bancárias, 04 pontos de bancos 24 horas, 14 pontos de táxis, 13 postos de gasolina, inúmeras agências de carros, supermercados locais sendo desses 03 grandes supermercados e 01 hipermercado, agência-sede de grande porte dos Correios anexa a um centro de distribuição, 32 bancas de jornais e revistas, postos de atendimento da COPASA, CEMIG e Oi, Cartório de Registro Civil, Ofício e Notas, Fórum de Justiça, Juizado de Pequenas Causas, Cartório Eleitoral, Delegacia Regional do Trabalho e Agência do Sistema Nacional de Emprego - SINE, Posto PSIU e Agência SENAC. Destaque ao shopping center, o ViaShopping, apresentando hipermercado e grandes e famosas lojas ancoradas a ele.

A industrialização do Barreiro se desenvolveu a partir da implantação da Siderúrgica Mannesmann, em 1952, hoje V & M do Brasil, a maior indústria de Belo Horizonte e a maior produtora de tubos de aço sem costura do mundo. Depois se expandiu com a criação do Centro Industrial do Jatobá, uma concentração de diversificadas indústrias, divididas em manchas A e B. O novo Centro Industrial do Olhos D´Água tem pequenas indústrias que completam o aglomerado industrial da região.

Na área de educação, a região é servida com 27 escolas municipais, sendo 03 unidades dessas exclusivas a educação infantil. São 40 escolas estaduais e 24 creches conveniadas à Prefeitura de Belo Horizonte. Existem ainda colégios particulares como o Colégio Cenecista Domiciano Vieira; o Colégio Santa Rita, vinculado ao Santo Agostinho; o Colégio São Paulo da Cruz, dos padres passionistas, aliado a tradicional rede do Sistema de Ensino Arquidiocesano (Colégios Santa Maria)e uma unidade da rede SESI, o Centro de Atividades do Trabalhador General Onésimo Becker de Araújo. O aparato educacional ainda conta com Cursos Pré-vestibular, profissionalizantes e 03 Faculdades destacando a PUC-MINAS com um campus extenso na região e o Centro Universitario UNA , com um amplo campus com enfoque principal em Educação Tecnológica.

O atendimento a saúde é feito através dos 20 centros de saúde e uma Unidade de Pronto Atendimento 24 horas - UPA Barreiro. Possui ainda o Centro de Referência da Saúde Mental (CERSAM), Centro de Saúde do Trabalhador (CERSAT) e Centro de Referenciada Infância e Adolescência (CRIA). Uma rede de diversos laboratórios clínicos e patológicos e mais 05 hospitais e clínicas médicas particulares formam a rede de assistência a saúde.

Na área de segurança, 01 Batalhão da Polícia Militar de Minas Gerais, 02 Cia. da PMMG e 01 Base Comunitária Móvel junto com uma Delegacia da Polícia Civil 24 horas completam o sistema de policiamento. A região conta com uma sede do Corpo dos Bombeiros na região central do Barreiro.

Para lazer, os moradores aproveitam as praças dos seus bairros, a maioria delas jardinadas, realizam cooper em algumas vias, freqüentam praças esportivas, centros culturais, centros esportivos, campos de futebol, o shopping local e suas salas de cinema, parques ecológicos, clubes (Colina Vila Marina, Copasa e Comercial), bares e Restaurantes locais que já contemplou o famoso campeonato Comida di Buteco. O Cristo Redentor, numa espécie de mirante local, é o símbolo da região e atrai as pessoas nos finais de semana. A região conta também com o Santuário São Paulo da Cruz, igreja no Barreiro de Baixo da Ordem Passionista.

Para homenagear a comunidade de moradores deste maravilho bairro, o Encontra Minas Gerais criou o Encontra Barreiro.

Blog do Guia do Bairro Barreiro

Receba notícias por e-mail
Cadastre-se e receba notícias do Barreiro BH por e-mail
 

Limites - Bairros Vizinhos - Zona Norte

Contagem, Belo Horizonte, Centro BH e Savassi

Dados Principais sobre Barreiro

População 262.194 hab.
Renda média -
IDH 0,787 - médio
Subprefeitura -
Região Administrativa -
Área Geográfica -

Vídeo sobre o bairro do Barreiro
Veja mais vídeos sobre o Bairro do Barreiro

Mapa Barreiro - Ver outros: Mapa Minas Gerais

 

Moradores ilustres do Barreiro

 

   
  Sobre o EncontraBarreiro
Fale com EncontraBarreiro
ANUNCIE: Com Destaque | Anuncie Grátis

siga o Encontra Barreiro no Facebook siga o Encontra Barreiro no Twitter Encontra Barreiro no Google+


Termos do Serviço | Política de Privacidade